Cirurgia Plástica

Lipoescultura e Lipoaspiração

Cirurgia Plástica de Lipoescultura e Lipoaspiração

Lipoescultura é a remodelarem corporal feira por lipoaspiração, que usa dois princípios muito importantes. O primeiro é de que a lipoaspiração deve ser feita com cânulas extremamente finas (3mm, no max 4), nas camadas mais superficiais da pele, aspirando (de fora para dentro) o que dá mais efeito de modelarem do que aspirar profundamente.
Quando se aspira profundamente há uma diminuição do tecido gorduroso, mas nem sempre ocorre a modelarem que cria curvas, sinuosidades tão necessárias na cintura e nas nádegas. Mesmo no culote a quantidade que se deve retirar necessária para dar efeito é menor na lipoaspiração superficial e na profunda.

O segundo principio é a possibilidade de transplantar gordura, retirada por lipoaspiração para locais que necessitam de maior volume. Nesse aspecto a nádega é a grande beneficiada, uma vez que boa parte das mulheres tem uma depressão funda na parte lateral da nádega, que pode melhor muitíssimo com o transplante de gordura.

Direferença entre lipoescultura e a lipoaspiração

A Lipoaspiração é feita na profundidade e sem o intuito de grande modelarem. A lipoescultura é o procedimento moderno de lipoaspiração, respeitando os princípios acima expostos.

Para quem está indicado?

A lipoescultura praticamente tomou o lugar da lipoaspiração na cirurgia de remodelagem corporal.
Toda e qualquer pessoa que necessite modelar seu corpo, diminuindo volume de gordura localizada em diversas áreas do corpo, acentuando a cintura, diminuindo o culote ou ganhando volume no bumbum, se benefícia com a lipoescultura. Ela pode ser feita a partir da adolescência até qualquer idade, dependendo exclusivamente do estado de flacidez do candidato.

Perguntas mais frequentes

  1. Anestesia

    Peridural ou local

  2. Tempo de internação

     1 dia

  3. Duração da Cirurgia

    A lipoescultura é uma cirurgia bastante demorada, uma vez que é um procedimento artesanal, portanto é feito com calma e prudência e muita concentração do cirurgião. As cirurgias podem varior de 2 até 4 horas.

  4. O que acontece na semana seguinte?

    A paciente recebe alta do Hospital, podendo caminhar e tomar ducha. A dor é de media intensidade, na realidade mais um desconforto do que dor. A dor não é constante, mas uma dor (que dói quando aperta). Por exemplo, se a pessoa está sentada sem movimentar-se dificilmente sentirá dor, mas ao mudar de posição poderá sentir “fisgadas” nas áreas aspiradas. A dor se assemelha a uma dor muscular resultante de uma forte ginástica.

  5. Local das incisões

    As incisões são pequenas, quase sempre a cerca de 7 à 10 cm da área a ser aspirada. Dificilmente as incisões são maiores do que 3-4mm, e costumam cicatrizar bastante bem.

  6. Decúbito

    Os pacientes que tiveram enxerto de gordura na nádega, devem deitar sobre o abdômen (decúbito ventral) e de lado por pelo menos 10 dias, evitando pressão direta sobre o local enxertado.

  7. Retorno as atividades

    Deverá variar conforme a extensão da lipoaspiração, lipos muito pequenas apenas duas ou três áreas corporais, o repouso de 48hrs costumar ser mais que suficientes. Lipos que cobrem grande área corporal, o ideal é afastar-se do trabalho de 5-7 dias.

  8. Cuidado de pós operatório

    Os pontos são retirados com uma semana e uma cinta modelaste é usada por no mínimo 45 dias. A partir de uma semana à quinze dias (conforme extensão da lipo), a cinta pode ser retirada por um período do dia.

Agende uma consulta